Notícias - Cooperfarms

Pelo segundo ano consecutivo, a Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia promoveu em Luís Eduardo Magalhães, o Encontro de Mulheres Cooperfarms. A ideia que nasceu no ano de 2017, com intuito de agregar valor aos negócios dos cooperados, através da integração das mulheres em um único movimento, reuniu nesta última quarta-feira, 14, 120 mulheres, dentre as quais lideranças do agronegócio na região e convidadas. O saldo positivo representa um acréscimo de 38 % do número de inscritas em relação a primeira edição, dado que consolida o evento como um dos principais voltado exclusivamente, para o público feminino e com forte atuação no setor agropecuário no oeste da Bahia.

74% do algodão plantado na Bahia recebeu certificação do Programa Algodão Brasileiro (ABR), que atua em benchmarking com o Better Cotton Iniciative (BCI), para a adoção sistemática de critérios socioambientais na produção. Quando se trata de respeito às legislações ambiental e trabalhista, os produtores de algodão baiano estão fazendo a lição de casa e ganhando mais projeção internacional ao inserirem os critérios de sustentabilidade em toda a cadeia produtiva. De forma sistemática, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) vem visitando as fazendas e garantindo aos agricultores uma certificação que comprova as melhores práticas socioambientais sustentáveis, por meio do Programa Algodão Brasileiro (ABR), que atua em benchmarking com a Better Cotton Iniciative (BCI).

Por unanimidade de votos, o cooperado Marcelo Leomar Kappes foi eleito, na última quarta-feira, 07, o presidente da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) para o biênio 2018/2019. Kappes assume o cargo que vinha sendo conduzido pelo cooperado, Luiz Antonio Pradella, eleito por dois mandatos consecutivos.

Pelo segundo ano consecutivo, a Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia promove o Encontro de Mulheres Cooperfarms, em Luís Eduardo Magalhães. A ideia que nasceu para agregar valor aos negócios dos cooperados, visa integrar associadas, esposas e filhas em um único movimento, conforme explica a comissão organizadora do evento.

Quinta, 22 Fevereiro 2018 13:54

AGO elegerá diretoria biênio 2018/2019

No próximo dia 07 de março, a Cooperfarms elegerá os novos membros da diretoria para o biênio 2018/2019, durante a Assembleia Geral Ordinária (AGO). O encontro está marcado para às 19h, na sede da Cooperativa, em Luís Eduardo Magalhães. Para esta AGO, a Cooperativa inova e complementará o encontro com uma palestra técnica com o doutor em Geografia, Ricardo Reis Alves sobre o tema “Planejamento Climático para a Colheita 2018 e Safras 2018/2019 e 2019/2020”. 

Os produtores rurais baianos apoiaram a recuperação da primeira nascente de São Desidério, no oeste da Bahia. Teve início, no povoado de Jataí, a cerca de 25 quilômetros da sede do município, o acordo de cooperação técnica com a Prefeitura de São Desidério, por meio da Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) e a Associação dos Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba). A recuperação da nascente aconteceu na última quinta-feira (1º) e integrou a capacitação dos técnicos que serão responsáveis por desenvolver o trabalho em outros 16 afloramentos de lençol freático de São Desidério, segundo maior município baiano em extensão territorial e maior produtor de algodão do Brasil.

Uma comitiva de agricultores e executivos franceses esteve no Brasil, na última semana, com interesse em estreitar relações comerciais com agricultores brasileiros e de assegurar os investimentos realizados pela companhia InVivo no Brasil, uma “joint-venture” que congrega 220 cooperativas de produtores rurais da França e movimenta cerca de 90 bilhões de euros ao ano.

 

 

O Fórum Baiano das Cooperativas Agropecuárias tem se fortalecido a cada dia com a integração de cooperativas do ramo agropecuário para ampliar a intercooperação e o acesso aos mercados baiano, nacional e internacional. Uma das estratégias do Fórum, que tem o apoio do Sistema OCEB, é a realização de encontros para rodadas de negócios e intercâmbios. Desde o início do projeto até o momento, já foram organizados três encontros e o último foi em Luís Eduardo Magalhães, nos dias 24 e 25 de janeiro. A escolha de pela cidade, não foi por acaso, já que o município está situado na região oeste, principal polo de produção de grãos, onde se produz a totalidade da soja baiana, 97% do algodão e cerca de 75% do milho produzido no estado (Fonte: Correio 24h), e abriga importantes cooperativas do ramo agropecuário.

Preocupados com a primeira ocorrência de ferrugem asiática na região oeste, safra 2017/2018 e com a necessidade de atender os produtores rurais com mais rapidez e eficiência, a empresa especializada em assessoria agronômica e pesquisa, Círculo Verde, em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Luís Eduardo Magalhães – SPRLEM e com o apoio das empresas de defensivos agrícolas: Adama, Basf, Bayer, DuPont, FMC, Ihara, Nufarm, Ouro Fino, Syngenta e UPL viabilizaram em 06 de janeiro de 2018, a implantação do Laboratório Alerta Ferrugem na cidade de Luís Eduardo Magalhães.

Aprimorar o conhecimento dos contadores das cooperativas baianas, funcionários ou terceirizados, regulares com o Conselho Regional de Contabilidade, na elaboração de prestação de contas e demonstrações contábeis de acordo com as exigências da lei do cooperativismo e das Normas Técnicas do Conselho Federal de Contabilidade aplicadas às Sociedades Cooperativas. Esse é o objetivo central da Formacont (Formação de Contadores Cooperativistas), uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado da Bahia – SESCOOP/BA, em parceria com o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia – OCEB, para o ano, na área de contabilidade,

Mais de 100 cooperados participaram na última quarta-feira (17) do primeiro encontro técnico organizado pela Cooperfarms para o ano de 2018. Com o apoio da Syngenta, através do Manejo Consciente - Programa para o Manejo Correto de Doenças -, agricultores, engenheiros agrônomos, técnicos e consultores parceiros, participaram de um bate papo com o fitopatologista, Carlos Aberto Forcelini, professor Doutor na Universidade de Passo Fundo (UPF/RS), sobre ferrugem asiática.

Com clima favorável às culturas plantadas no oeste baiano, as perspectivas para a safra 2017-18 são bastante otimistas. Foi o que apontou o 1º levantamento, realizado na última segunda-feira (15), pelo Conselho Técnico da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba). Até o momento, a produtividade média da soja foi estimada em 56 sacas por hectare, a melhor já alcançada. “Se a chuva continuar a ser boa e a colheita ocorrer com sucesso, esse valor deve se confirmar”, afirmou Luiz Stahlke, assessor de Agronegócio da Aiba. Já em relação à área cultivada, a oleaginosa teve um acréscimo de 1,3% em relação ao ano passado, saltando de 1,580 milhão de hectares para 1,600 milhão.