Notícias - Cooperfarms

Cento e quarenta e cinco cestas básicas arrecadadas. Esse é o saldo da campanha Natal Solitário, em que a Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) através do quadro de colaboradores, cooperados e parceiros, arrecadou os donativos e destinou ao projeto Crescer e Contribuir.

Até o próximo dia 18 de dezembro, a Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) buscará, junto ao quadro de colaboradores, cooperados e parceiros, doações para a campanha Natal Solidário. 

A decisão ainda não altera a deliberação da reunião anterior, sobre o banimento do produto

Superação e resiliência, sucessão familiar, gestão financeira da propriedade e as perspectivas para o agronegócio no cenário político e econômico. Esses foram alguns dos temas discutidos no Encontro Nacional das Mulheres Cooperativistas, realizado na última terça (29) e a quarta-feira (30/10), e que contou com a participação de um grupo de mulheres formado por cooperadas, esposas e filhas de cooperados e colaboradoras da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms).

O produtor rural Francesco Lanciotti de São Desidério/BA, foi um dos primeiros cooperados da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) a receber o valor das sobras registradas no exercício fiscal de 2019, que totalizou um resultado de mais R$ 4 milhões, crescimento de 111,4% em relação ao exercício fiscal anterior, e que resultou numa sobra líquida superior a R$ 1,8 milhão.

Com a antecipação, em caráter excepcional, do início do plantio da soja na Bahia a partir do dia 1º de outubro, a atenção também se volta ao manejo de doenças da cultura. Uma live técnica promovida pela Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) com apoio da companhia Adama, na quarta-feira (23), orientou os produtores quanto ao comportamento e a eficiência de diferentes moléculas no controle dos principais patógenos que afetam a cultura no Oeste baiano. 

Em uma live organizada e patrocinada pela Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms), na última quinta-feira (27/08), Luiz Carlos Molion, um dos mais conceituados meteorologistas do país, pediu aos produtores do Oeste da Bahia cautela na semeadura da próxima safra. 

Pela primeira vez, em 12 anos, a Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) irá distribuir suas sobras de exercício aos cooperados. A decisão pela distribuição de 100% das sobras do exercício fiscal de 2019, valor que ultrapassou R$ 1,8 milhão, foi tomada em Assembleia Geral Ordinária Digital, realizada nesta terça-feira (18), aniversário de fundação da Cooperativa. 

Atendendo as medidas de distanciamento social no controle da pandemia de COVID-19, a Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) realizará no próximo dia 18 de agosto, aniversário de 12 anos da Cooperativa, a Assembleia Geral Ordinária em formato digital. A decisão atende as instruções da Normativa DREI nº 79, de 14 de abril de 2020, que dispõe sobre a participação e votação a distância em reuniões e assembleias de sociedades anônimas fechadas, limitadas e cooperativas.

Na safra 2020/2021, os sojicultores do Oeste baiano vão poder antecipar a semeadura do grão. A janela de plantio, que historicamente começa no dia 8 de outubro, excepcionalmente esse ano foi alterada para o dia 1 do mesmo mês. Com isso, os produtores rurais que cultivam a oleaginosa na região ganharam uma semana a mais para formar suas lavouras, já que o prazo limite para a semeadura não sofreu alteração e permanece o dia 31 de dezembro.

Nesta semana, a Cooperfarms fechou uma série de três lives técnicas voltada ao controle de doenças e ervas daninhas na cultura da soja. Os webinars reforçaram o compromisso da Cooperativa pela sustentabilidade da atividade agrícola.

Atendendo às medidas de distanciamento social exigidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS), em razão do surto do novo coronavírus, a Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) tem realizado suas reuniões semanais de forma remota através de videoconferências.

Página 1 de 22