Notícias - Cooperfarms

Um documento contendo as demandas da categoria foi entregue durante visita da autoridade à região

A Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) oficializou nesta terça-feira (12), a implementação de um Comitê Técnico. De acordo com o Manual de Boas Práticas de Governança Cooperativa publicado pela Organização das Cooperativas Brasileiras (Sistema OCB), os comitês são organismos facultativos de assessoramento e suporte à tomada de decisão do Conselho de Administração em temas que requerem mais profundidade analítica.ovada.

Mais que um modelo de negócio, o cooperativismo é uma filosofia de vida que busca transformar o mundo em um lugar mais justo, feliz, equilibrado e com melhores oportunidades para todos. Um caminho que mostra a atuação das cooperativas na construção de um cenário mais favorável para o desenvolvimento das comunidades é a realização do Dia de Cooperar (Dia C). Iniciativa, que desde 2009, mobiliza as cooperativas em todo o Brasil a vestirem a camisa do sétimo princípio do cooperativismo; o interesse pela comunidade.

Um grupo de trabalho da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) recebeu nesta última terça-feira (28), o relatório final de uma instrutória prática assistida que teve sob a organização do ex-secretário da Agricultura e da Pesca de Santa Catarina e engenheiro agrônomo, Airton Spies.

Desde a safra 2018/2019, agricultores do Oeste da Bahia estão driblando os custos de produção e garantindo maior lucratividade no campo através de pool de compras articulado entre cooperativa e a indústria. Dados do departamento comercial da Cooperfarms revelam que o número de silos bolsas comercializados na safra 2019/2020 já ultrapassa 3,4 mil unidades, um acréscimo de 17% em relação aos pedidos da safra anterior, ou seja, mais de 685 mil toneladas de grãos deverão ser armazenadas no campo. Hoje, a área total de soja envolvendo os associados ultrapassa 581 mil hectares, 359 mil são de cooperados que aderiram ao pool de compras.

Geração Eleita foi o projeto social contemplado com as doações de alimentos não-perecíveis arrecadados através da iniciativa do ingresso solidário durante a quarta edição do Encontro de Mulheres Cooperfarms, promovido pela Cooperativa no mês de março em Luís Eduardo Magalhães.

Preocupadas com o avanço do novo Coronavírus no Brasil, as entidades do agronegócio baiano lançaram uma cartilha especial com cuidados e recomendações para prevenção nas propriedades rurais. As associações de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba) e Baiana de Produtores de Algodão (Abapa) elaboraram a publicação, que será distribuída pelos meios digitais, para ser acessada por produtores e colaboradores de campo e de escritórios das fazendas. Na cartilha, são elencadas as boas práticas e direcionamentos necessários para prevenir o contágio da Covid-19, principalmente em ambientes como refeitórios, cozinha, oficinas, barracão de máquinas, salas de reuniões.

Mais uma vez o segmento cooperativista de Luís Eduardo Magalhães mostrou que, especialmente no atual cenário de pandemia pelo COVID -19, todo movimento e intenção de cooperar são engrenagens de transformação individual e coletiva. Juntas, as cooperativas agrícolas: Cooperfarms e Cooproeste e a de transporte COOPGNP, realizaram nesta quinta-feira (16), a entrega de álcool em gel e equipamentos de proteção individual ao Hemocentro Regional de Barreiras.

A Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) comunica que, atendendo os padrões de salubridade no controle da pandemia por COVID-19 exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e ao cumprimento dos decretos municipais 126/2020 de 17.03.2020 e 136/2020 de 23.03.2020 estará a partir de terça-feira, 31 de março, retornando de forma gradativa algumas atividades presenciais.

Por unanimidade de votos, o cooperado e engenheiro agrônomo, Marcelo Leomar Kappes foi reeleito, ontem (19), diretor-presidente da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) para o biênio 2020/2021. Natural de Palotina/PR, Marcelo representa a geração jovem do quadro de associados da Cooperativa.

Entre 2004 e 2015, o número de trabalhadoras no agronegócio brasileiro cresceu 8,3%, sendo que o maior impulso para esse resultado veio de mulheres com mais de 30 anos, casadas e com ensinos médio e superior. 43,86% das entrevistadas afirmaram estar satisfeitas com os programas de capacitação profissional oferecidos no emprego, ao passo que a satisfação verificada em trabalhadoras atuantes nos demais setores da econo¬mia (inclusive o agronegócio) foi inferior a 41%.

Um número expressivo de cooperados e consultores agrônomos, participaram na sexta-feira (06), de uma rodada técnica de demonstrações de cultivares de soja do portfólio Agro-Sol para o Estado da Bahia.

Página 1 de 22