Começamos pequenos, mas confiantes.

Fundada em 18 de agosto de 2008, a Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) é o resultado do esforço coletivo de 22 produtores rurais em tornar a atividade agrícola sustentável frente aos desafios do mercado de insumos.

Incialmente, a ideia do grupo era barganhar preço na compra de insumos agrícolas, sobretudo em agroquímicos e na comercialização de grãos e fibra. Hoje, são mais de 270 cooperados, com campos de produção em seis estados brasileiros, totalizando uma área superior a 600 mil hectares e um leque de serviços que dão suporte à gerência na tomada de decisão antes, durante e após o processo produtivo.

Através do sistema cooperativista, a Cooperfarms desenvolve negócios com base em ações originais, criativas, éticas e justas, focadas em resultados sustentáveis e duradouros de alta qualidade e com preços competitivos, defendendo os interesses de seus associados e desenvolvendo a região.

Image

Estatuto Social

Saiba como cooperar

Linha do tempo

  •  

    A Cooperfarms é fundada a partir da união de 22 produtores rurais dispostos em construir um modelo de negócio viável economicamente, na aquisição de insumos agrícolas. Neste mesmo ano, a Cooperfarms torna-se acionista do Consórcio Cooperativo Agropecuário Brasileiro - CCAB Agro, na compra de defensivos agrícolas genéricos.

  •  

    A Cooperativa transfere-se para um novo local e amplia seu negócio visando também a comercialização de grãos, com informações mais precisas no fechamento das vendas.

  •  

    Ano a ano, o modelo de negócio se consolida e novos serviços são adicionados, otimizando a tomada de decisão dentro da porteira. O serviço de faturamento de algodão chegou para agregar valor nas negociações via cooperativa e sanar os problemas enfrentados pelos cooperados na hora do faturamento da commodity.

  •  

    A partir de 2011, a Cooperfarms passa a oferecer o serviço de armazenagem de defensivos agrícolas, uma estratégia que garante zelo contra furtos e roubos, além do controle de estoque.

  •  

    A adesão ao Dia de Cooperar (Dia C) inclui a Cooperativa em uma agenda estratégica do cooperativismo brasileiro, que tem como objetivo executar a responsabilidade social, colocando em prática os valores e os princípios cooperativistas por meio de ações voluntárias, alinhadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), reconhecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

  •  

    A Cooperativa transfere-se para a atual sede. Amplia sua estrutura administrativa e reestrutura o serviço de armazenagem de defensivos agrícolas, além de uma extensa área de lazer, localizados em uma área de 2.2 hectares.

  •  

    É criado o Encontro de Mulheres Cooperfarms. Com edição anual, o evento tem como propósito integrar associadas, esposas e filhas de associados e colaboradoras em um único movimento, para que juntas possam refletir sobre sua condição junto à família e à frente dos negócios, através da troca de experiências nos mais diversos assuntos, que vão desde motivação e autoestima até a definição de estratégias para uma maior inserção na dinâmica social e organizacional.

  •  

    A Cooperativa comemora seu 10º aniversário, com mais de 270 cooperados associados e campos de produção em seis estados brasileiros. Além disso, incorpora mais duas unidades de negócios: uma consultoria especializada em gerenciamento de riscos e uma estratégia na aquisição de óleo diesel para atender o cooperado os 365 dias do ano.

  •  

    A unidade de comercialização de grãos passa por reestruturação e ganha novo foco de atuação. Agora, com perfil de consultoria, atua com ferramentas de inteligência de mercado que ajudam o produtor na tomada de decisão. Além disso, através de uma iniciativa articulada via Cooperativa, mais de 2.800 unidades de silo-bolsas foram adquiridas pelos cooperados, reduzindo os custos dentro da porteira.

+ -

Fundadores

Adilson Heidi Sujuki
Agropecuaria Arakatu Ltda
Alceu Ademar Vicenzi
Aldemiro Andrighetti
Carlos Roberto Meurer
Celito Eduardo Breda
Dirceu Di Domenico
Douglas Daniel Di Domenico
Eliceu Felipe Kuhn
Elton Sartori
Fabio Ruediger

Horácio Hasegawa
Laercio Bortolin
Marcelo Leomar Kappes
Marcos Renato Grieger
Norberto Vicenzi
Odacil Ranzi
Pedro Brugnera
Reinaldo Hanisch
Rudelvi Senair Bombarda
Wilsemar Jose Dorneles Elger
Wilson Breno Elger

Image

MISSÃO

Buscar a competitividade e a sustentabilidade dentro do agronegócio, utilizando-se de atos cooperativos e atitudes profissionais.

VISÃO

Ser reconhecida pela excelência e competência na prestação de serviços aos cooperados e pelo profissionalismo nos relacionamentos comerciais.

VALORES

  • Cooperação
  • Confiança
  • Transparência
  • Administração Participativa
  • Ética