Sábado, 02 Abril 2022 12:18

Cooperfarms distribui mais de R$ 11,2 milhões em sobras e elege nova diretoria

Cooperfarms distribui mais de R$ 11,2 milhões em sobras e elege nova diretoria Foto: Júnior Ferraro

Pelo terceiro ano consecutivo, os associados da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms) decidiram pela distribuição total dos recursos das sobras, que em 2021 bateu novo recorde, ultrapassando R$ 11,2 milhões. A decisão foi tomada na última quinta-feira (31/03), em assembleia.
 
O balanço financeiro de 2021, aprovado por unanimidade de votos, apontou para um resultado superior a R$ 22,5 milhões, acréscimo de 513,34% em relação ao ano anterior, quando atingiu R$ 3,6 mi. O excelente resultado gerou uma sobra de mais de R$ 11,2 milhões, que será distribuída conforme a movimentação de cada associado dentro das unidades de negócio, e acumulou uma Reserva de Assistência Técnica, Educacional e Social (RATES) superior a 1,1 milhões. Em 2019, as sobras foram de 2,1 mi.
 
O presidente da Cooperfarms, Marcelo Kappes, reiterou que o novo recorde atingido pela cooperativa, é uma resposta de uma série de estratégias implantadas nos últimos quatro anos, que começou com a nova política comercial, em 2018 e avançou com a reestruturação estatuária, em 2019. “Neste período, a cooperativa foi colocada à prova. Nos adaptamos, vencemos os desafios e conseguimos criar uma sinergia entre os cooperados que realmente valorizam a cooperativa e que agora, passados os anos, colhem os resultados”, disse Kappes. Clique aqui e acesse o balanço completo.
 
Associado Marcelino Kuhnen é o novo diretor presidente
Após dois mandatos consecutivos, Marcelo Kappes deixou a presidência da cooperativa. O então tesoureiro, Marcelino Kuhnen, assumiu o cargo de presidente, junto com os cooperados Celestino Zanella (vice-presidente), Milton Ide (tesoureiro), Alan Juliani (segundo tesoureiro) e Alceu Vicenzi (secretário).
 
Além da eleição dos novos membros do conselho de administração, o conselho fiscal também teve renovação, sendo eleitos: Claudio Cardoso, Maicon Fontana e Rui Eidt na titularidade e Pedro Brugnera, Vitor Pereira e Antônio Grespan na suplência. Ambos os conselhos tiveram aprovação por unanimidade de votos.
 
“Hoje, após a apresentação de resultados tão positivos e expressivos, sabemos que a cooperativa está no rumo certo. Novos desafios e novas oportunidades irão chegar, mas com o esforço e a transparência já consolidados vamos superar e bater novos recordes”, disse Kuhnen, que desde 1998, tem construído sua trajetória na agricultura em solo baiano.
 
O formato semipresencial da assembleia atendeu às disposições do artigo 11 da Instrução Normativa DREI N° 79, de 14 de abril de 2020, o qual permite ao associado participar e votar a distância em reunião ou em assembleia realizadas em meio digital.