Segunda, 30 Agosto 2021 20:34

Campanha Doar Faz Bem encerra com saldo positivo de doações

Desde 2017, quando as cooperativas de Luís Eduardo Magalhães lançaram a campanha de cadastro de medula óssea e doação de sangue Doar Faz Bem, alinhada aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU), a ação tem contribuído para abastecer o estoque sanguíneo do Hemocentro Regional de Barreiras, o único no Oeste da Bahia, responsável pelo atendimento de 23 municípios.

Com o cenário pandêmico, as cooperativas promotoras tiveram que se reinventar e estudar uma nova forma de sensibilizar a comunidade sobre o ato voluntário de doação de sangue, devido à impossibilidade da promoção de mutirões, que vinham sendo realizados em Luís Eduardo Magalhães. Neste ano, a ação, que faz parte do Dia C, repetiu o formato do último ano e ganhou as redes sociais. Entre os dias 23 e 27 de agosto, colaboradores, cooperados e parceiros movimentaram seus perfis em prol da causa e se deslocaram, 90 km, até a unidade do Hemocentro em Barreiras para fidelizar o ato. Mais de 215 bolsas de sangue foram coletadas durante o período de campanha.

“Nosso objetivo é aumentar e fidelizar, ano a ano, o número de doadores e reverter a situação enfrentada pelo Hemocentro, que se agravou na pandemia com a baixa de voluntários. Na contramão, seguem as demandas de bolsas, uma vez que as outras doenças não deram pausa”, explicaram os organizadores.

De acordo com dados do Ministério da Saúde, apenas 1,8% da população brasileira doa sangue com regularidade, quando o índice ideal para suprir as necessidades de sangue e outros componentes sanguíneos de um país, estimado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), é 3 a 5% da população.

São protagonistas da campanha as cooperativas agrícolas: Cooperfarms (Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia), Cooproeste (Cooperativa Agropecuária do Oeste da Bahia) e Unibahia (Sociedade Cooperativa Unibahia), a de crédito, Sicredi, e as de transportes: Cootransf (Cooperativa de Transportes de São Francisco) e COOPGNP (Cooperativa de Transportadores de Luís Eduardo Magalhães).

Sobre o Dia C
 - O Dia de Cooperar, também conhecido como Dia C, nasceu em 2009, em Minas Gerais, e logo ganhou a adesão de cooperativas de todo o país. Com o apoio do Sistema OCB (Organização das Cooperativas Brasileiras) e de suas Unidades Estaduais, o Dia C é um programa de responsabilidade social promovido pelas cooperativas brasileiras por meio do voluntariado. Desde 2014, as cooperativas de Luís Eduardo Magalhães estão engajadas no movimento com a promoção de ações nas áreas culturais, educacionais, socioambientais e de saúde pública.