Quarta, 02 Março 2022 19:37

Famílias atendidas pelo CRER receberão cestas básicas do fundo social da Cooperfarms

Famílias atendidas pelo CRER receberão cestas básicas do fundo social da Cooperfarms Crédito: Divulgação

Famílias atendidas pelo projeto Acolher do Centro de Recuperação, Ensino e Reintegração (CRER), uma iniciativa da igreja evangélica O Brasil para Cristo e voluntários de Luís Eduardo Magalhães, serão as próximas a serem beneficiadas com os donativos do fundo social da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms), criado para amenizar os impactos da COVID-19 na região. A entrega de 150 cestas aconteceu na última sexta-feira (25/02), na sede do projeto e contou com a presença do presidente da cooperativa, Marcelo Kappes, da assessora jurídica, Luciana Kappes e do diretor executivo, André de Oliveira.
 
O Centro é um espaço de educação multidisciplinar que, desde 2009, atua na formação integral de crianças, jovens, adultos e idosos, além de oferecer atendimento psicológico, psicopedagógico, jurídico e de orientação quanto à libertação de vícios e de drogas. Atualmente, a cidade conta com dois núcleos de apoio: um no bairro Mimoso 2 e outro no Florais Léa, totalizando 95 famílias acolhidas, por mês.
 
Segundo Fávio Torres, pastor e coordenador do projeto, além dos núcleos, outras ações sociais pontuais são realizadas. “Cada trimestre um bairro carente do município recebe a visitação da equipe de acolhimento e os moradores são atendidos com alimentos, roupas, brinquedos, calçados, corte de cabelo e outros serviços, além de assistência jurídica, médica, psicológica e de enfermagem. Os donativos doados pela Cooperfarms chegam para complementar a ação de março”, comemorou Flávio. O projeto ainda promove ações específicas em períodos de calamidade pública.
 
Sobre o Fundo - O Fundo, que acumulou um saldo de R$ 219 mil, tem origem do resultado positivo das sobras de 2020, quando ultrapassou R$ 2,1 milhões, 17,48 % a mais na comparação ao ano fiscal anterior. Outros projetos sociais situados no raio de atuação da cooperativa ainda serão beneficiados com os recursos. O trabalho de seleção das entidades está sendo coordenado por cooperadas, esposas e filhas de cooperados dentro de suas comunidades.