Quarta, 11 Julho 2018 17:32

Cooperfarms apoia torneio interestadual de futebol de campo

Cooperfarms apoia torneio interestadual de futebol de campo Foto: Arquivo André de Oliveira

Até a sexta-feira (13), os jogos classificatórios das categorias Sub-09 e Sub -11 do 2º Campeonato do Clube Rio das Pedras – que conta com o apoio da Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia, acontecerão na Cooperfarms, no período da manhã (das 9h às 11h) e tarde (15h às 16h20min).

O campeonato, uma iniciativa privada do Clube Rio das Pedras, que envolve crianças e adolescentes atendidas pelo Projeto Futebol Clube Rio das Pedras, além de outras equipes da cidade, da Bahia, Piauí, Goiás e do Distrito Federal, tem como finalidade promover o intercâmbio esportivo, educativo, formativo, cultural e social entre os atletas do município de Luís Eduardo Magalhães e dos outros municípios estimulando a prática esportiva a o aperfeiçoamento cultural, tendo como tema: intercâmbio de valores.

Nesta edição, participam 39 equipes das cidades de Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Santa Rita de Cássia, São Desidério (Roda Velha) e Angical, representando o estado da Bahia; Corrente e Monte Alegre do Piauí; Formosa de Goiás e de Brasília/DF.  Serão quatro times em busca do título na categoria Sub-9 (nascidos entre 2009/2010), 12 equipes na categoria Sub-11 (2007/2008), 11 times na Sub-13 (2005/2006) e 12 equipes disputando a Sub-15 (2003/2004).  Os jogos das categorias Sub -12 e Sub-15, acontecem no campo do Clube Rio das Pedras, no período da manhã (das 8h30min às 12h) e tarde (14h às 18h50min). As quartas de final, semifinais e final, previstos para o sábado (14) e o domingo (15), concentrarão no campo do Clube Rio das Pedras. A entrada é franca.

Projeto Futebol Clube Rio das Pedras - Segundo Adilson de Campos, presidente da Associação do Comércio de Insumos Agrícolas (Aciagri) - uma das principais entidades apoiadoras na gestão e arrecadação de fundos ao Projeto Futebol Clube Rio das Pedras, a iniciativa social integra crianças de todos os bairros da cidade, através da prática esportiva tendo como base princípios de cidadania. “Nosso objetivo é formar cidadãos participativos e responsáveis, conscientes de seu papel na construção de uma sociedade mais justa e igualitária, além de identificar e formar futuros atletas”, afirma. Além de futebol, com capacidade para atender até 400 crianças, o projeto também oferece 80 vagas para aulas de natação e 30 vagas para tênis. Para participar, a criança precisa comprovar frequência escolar. Os treinos acontecem de segunda a sexta-feira em torno inverso ao escolar, com o apoio de profissionais das áreas de educação física, psicopedagogia, assistência social, odontologia e medicina.