Terça, 24 Outubro 2017 13:54

Grupo de mulheres ligado a Cooperfarms participou de Congresso Nacional das Mulheres do Agro

Grupo de mulheres ligado a Cooperfarms participou de Congresso Nacional das Mulheres do Agro Crédito: Divulgação Arquivo Pessoal

Mais de mil mulheres estiveram reunidas entre os dias 17 e 18 de outubro, no Transamérica Expocenter em São Paulo para falar de gestão, liderança e outros temas relacionados ao agronegócio. A 2ª Edição do Congresso Nacional das Mulheres do Agronegócio teve inscrições esgotadas este ano, e pelo segundo ano consecutivo contou com a presença de mulheres do oeste da Bahia, sendo a maioria com incentivo da Cooperativa de Produtores Rurais da Bahia (Cooperfarms).

O evento que valoriza a liderança e empreendedorismo feminino, reúne em um único espaço agricultoras, pecuaristas, profissionais da indústria, executivas de corporações do setor, sucessoras, produtoras integradas e cooperadas e toda a cadeia do agronegócio. Ao total, foram 15 workshops práticos e painéis de debates conduzidos por acadêmicos e renomados profissionais do agronegócio, com temas que vão desde liderança integrada e empreendedora, criatividade e cooperação, agricultura digital, tecnologia e genética, sucessão, crédito rural, até cases de sucesso.

Para a advogada, Luciana Kappes, foi uma experiência inspiradora. “Ouvir de tantas mulheres suas histórias de superação, cada qual com sua experiência de vida, nos inspira para fortalecer a atuação da mulher no Agro”, ressaltou Luciana, assessora jurídica na Cooperfarms e integrante do Núcleo de Mulheres do Agro - Oeste da Bahia. Esta foi a primeira vez que ela integrou o grupo de cooperadas, esposas e filhas de cooperados da Cooperfarms presente no evento. Ao total, 15 mulheres ligadas aos negócios da Cooperativa representaram a região em São Paulo.

Núcleo Regional - Desde o primeiro contato do grupo com o movimento, em 2016, a ideia constituía-se na implantação de um núcleo regional de mulheres do agronegócio na região. A iniciativa ganhou força em março deste ano, quando a Cooperfarms promoveu em Luís Eduardo Magalhães, a primeira edição do Encontro de Mulheres Cooperfarms.

Apesar dessas vertentes, o Núcleo Mulheres do Agro - Oeste da Bahia é independente e homogêneo, com a participação de mulheres de diversas organizações do setor produtivo da região, tendo como objetivo a busca de conhecimento para a formação pessoal e profissional, com o escopo de fortalecer a atuação do grupo na atividade, bem como uma agenda que contemple ações regionais integradas, que vão desde as áreas de educação, social até ambiental em comunidades do entorno das propriedades. “Acreditamos que o segredo para a superação das dificuldades enfrentadas pelas mulheres na atuação diária na atividade é agregar conhecimento e compartilhar experiências”, enfatizou Luciana.