Terça, 22 Agosto 2017 14:41

Dia do Agricultor Cooperfarms discutiu sucessão familiar

Como intuito de integrar e aproximar o quadro de associados à rotina da Cooperativa e a prática na propriedade, a Cooperfarms (Cooperativa dos Produtores Rurais da Bahia) promoveu no sábado, 19/08, o Dia do Agricultor Cooperfarms.

Segundo o presidente Luiz Pradella, o evento é parte integrante de uma agenda estratégica que fortalece o laço entre cooperado e cooperativa, além de aprimorar o conhecimento dos cooperados em diferentes aéreas de atuação que vão, desde gestão rural e agronômica até autoestima. “O projeto Agenda Cooperfarms foi criado no ano 2015, quando os departamentos técnico e comercial perceberam a necessidade de estreitar os laços para elevar a performance das lavouras do quadro de associados. Com o passar dos anos, o projeto ganhou força e hoje conta com uma agenda própria de eventos, que visa a valorização dos cooperados e seus familiares e o negócio Cooperfarms”, explicou Pradella.

O evento reuniu no auditório do Senar em Luís Eduardo Magalhães, um público de 80 pessoas, entre cooperados, familiares e convidados, e celebrou três importantes datas para a Cooperativa: o Dia Internacional do Cooperativismo (primeiro sábado de julho), o Dia do Agricultor (28 de julho) e o aniversário de nove anos de fundação da Cooperfarms (18 de agosto).

Nesta primeira edição do evento, o painel central trouxe um dos temas que mais tem instigado o produtor rural: a sucessão dos negócios familiares, com a presença dos profissionais da Prado Suzuki, de Cuiabá/MT, empresa especializada no assunto e com instrutor do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Estado da Bahia (Sescoop/BA) - entidade também parceira da iniciativa, Leoney Miranda, com palestra “Educação Cooperativista”, complementado o tema, porém com foco empresarial.

CONFIRA AS FOTOS AQUI